sexta-feira, 31 de maio de 2013

Conferência Distrital de Saúde - Muriqui

Sabem qual é o novo nome que querem dar ao  Conselho Municipal de Saúde?

Conselho do SIM!

Amanhã será a vez de Muriqui escolher os delegados que escolherão as Instituições que farão parte do Conselho Municipal de Saúde para a próxima gestão. 

Será no Iate Club de Muriqui, das 9:00 hs às 12:00 hs e podem concorrer pessoas residentes no distrito.

Está na hora de participar e continuarmos o belo trabalho do conselho Municipal de Saúde. Não deixem que ele passe a ser o conselho do SIM...os prejudicados seremos todos nós. Um Conselho não pode sofrer interferência de pessoas que estarão sendo comandadas ou monitoradas pelo Executivo e muito menos pelo LEGISLATIVO.

Vejam quem serão os candidatos a delegados, se forem pessoas ligadas de alguma forma a estes segmentos, como assessores, funcionários de confiança ou contratados, NÃO DEEM seus votos.

Espero que tenhamos consciência de que isto não é jogo sem consequencias. Dizer SIM  a isto, é o mesmo que perder a voz, os direitos e o respeito por todos nós.

Vamos participar!

quinta-feira, 30 de maio de 2013

E aí? O que incomoda você?


Não me levem a mal, não sou expert, não sou catedrática em nada, sou só incomodada. E quando a gente se incomoda, é bom! É bom, porque começamos a nos questionar, a procurar onde está o erro e o que podemos fazer para mudar e, consequentemente, melhorar.

Mangaratiba é um município com mais de trinta escolas e a população em idade escolar cresce a cada dia.

Então eu me pergunto: será que temos qualidade em nosso ensino? Será que as crianças estão felizes em nossas escolas? Será que o ambiente de trabalho está bom? Será que os professores estão satisfeitos com o desempenho profissional? Será que estão sendo valorizados? Será que o professor quer realmente ser professor? Como a família participa na vida escolar de seus filhos? Ela está sendo bem recebida nas escolas? Será que todas as escolas estão de acordo com os padrões mínimos de infraestrutura?
E aí? Isso tudo incomoda só a mim ou mais pessoas de nosso município se incomodam também?

E diante desses questionamentos eu começo a pensar que, certamente, ainda temos muito caminho a percorrer. Não sei nos outros Distritos, mas vou falar por mim, pelo que vejo e ouço.

A qualidade em nosso ensino ainda não existe, por mais que tenhamos pessoas realmente engajadas no processo, que amem a sua profissão e que se esforcem bastante, ainda não chegamos ao nível satisfatório.

Ainda existem escolas que não possuem acessibilidade aos alunos especiais, espaço, iluminação, ventilação, mobília adequada, instalações sanitárias adequadas, instalação para laboratórios, telefone, reprodutor de texto (neste caso são os materiais, quando não falta a folha... falta a tinta, rsrs). Aqui é o poder público que precisa seguir a Lei. O mesmo também seria responsável pela valorização salarial dos professores (igualdade de valores, concurso). Será que os recursos a serem aplicados estão sendo fiscalizados? E quanto ao fato da Lei não estar sendo cumprida, os vereadores estão atentos?

Vamos para a escola. Será que os gestores estão conseguindo se sair bem? Todas as escolas possuem seus Conselhos Escolares? Os pais estão participando da vida escolar das crianças e sendo bem recebidos pela escola? E seus Projetos Políticos atendem satisfatoriamente, ou é só um mero documento CHATO que todo ano a SME manda fazer? Não sei. Só sei que um Conselho Escolar comprometido, participa, atua junto à direção, propõe melhorias no aspecto educacional e funcional das escolas. Pais que participam e são estimulados a acompanhar a vida escolar do seu filho, ajudam a escola e, principalmente, as crianças. Uma Unidade que possua um Projeto Político bem pensado e discutido proporcionará o caminho que a escola deverá seguir para alcançar seus objetivos.
E os funcionários desempenham sua função direitinho, ou a escola virou um cabide de empregos com segundas intenções dos contratantes? Está faltando uma seleção mais criteriosa, pois já presenciei alguns absurdos, que uma pessoa com um mínimo de ética pensaria duas vezes antes de fazer ou falar.

Chegamos à sala de aula...
Por que os professores não se rebelam contra os índices de fracasso escolar? Por que não se rebelam contra as condições que dizem não ser satisfatórias? Ou será que está tudo bem e que os alunos estão aprendendo direitinho?
O professor é quem atua no núcleo do processo ensino-aprendizagem, é ele que vai identificar como fazer para que seu aluno aprenda. Para isso ele tem que querer fazer. Conheço excelentes professores em nosso Município, mas também conheço alguns que precisam rever suas práticas. Precisam estar abertos às mudanças (muitos não fizeram uma faculdade ainda, não querem participar de cursos de aperfeiçoamento, não sabem usar o computador ou as mídias digitais), que conheçam as práticas inovadoras que estão aí pelo país ou pelo mundo, que saibam quais são as exigências que precisam ser exploradas para que o aluno aprenda. É necessário ser humilde e aprender sempre, ter menos ingenuidade, ter mais consciência crítica, perceber a lógica maior a que estamos servindo, e com isto provocar a necessidade de uma formação humana e profissional mais rigorosa.

E por último vamos dar uma voltinha pela SME.
Falando através de metáfora... Mais parece uma casa em reforma, nos fazem acreditar que o problema está apenas na fiação: troca-se a fiação, mas a luz não acende. Então, troca-se novamente a fiação. Agora é o chuveiro que não funciona. Volta-se a fiação antiga, e vai se consertar o telhado, etc.
Depois, alguém dá o veredicto de que a casa não tem jeito...

É... ainda continuo incomodada com minhas perguntas que às vezes nem eu mesma sei responder.

segunda-feira, 27 de maio de 2013

Nina me deu uma ideia

Gostei muito do desabafo da Nina... Já converso com ela faz algum tempo, sempre do modo seguro, que é a troca virtual de amizade e comunhão de nossos anseios. Quando li o comentário dela, fiquei gratificada com isso e percebi que devemos ter mais autores por aqui.

Então, pensei em expandir o blog, para que mais autores possam participar. Quero mais e mais autores que queiram fazer deste espaço, a voz de cada um de nós. Que possamos sugerir, criticar, colocar nosso posicionamento sobre Mangaratiba e outros assuntos que possam contribuir para o desenvolvimento de todos nós.

Assim, temos o espaço aberto para mais uma pessoa que felizmente não conheço (para própria preservação do autor), mas que pode substituir e agregar ideias e ideais ao Peixe com Banana.

Nina, venha com força, coragem e discernimento ético para dar um pouco de descanso para uma voz cansada que se sente solitária por vezes em seus conceitos de cidadania.Seja bem-vinda!

domingo, 26 de maio de 2013

Desabafo de uma leitora do blog

Este comentário vale muito... e por isso foi para a página inicial.
Estas palavras valem para mim, como estímulo para que tenhamos consciência de que existe "consciência" em Mangaratiba.


"Leila, entendo a sua fala, pois também ando com essa sensação de impotência.

Realmente a questão educacional não é das melhores. O que falar para um professor que ganha uma "merreca" e ainda precisa colocar a mão no bolso para comprar alguns materiais ou xerocar folhas para aplicar seus testes e provas?
Como fazer esse mesmo professor ser criativo em uma turma com quase trinta alunos, se ele não tem uma estrutura e fica só pensando nas contas a pagar e se o dinheiro vai dar.
Aquele colégio de Normalistas é uma fábrica de fazer professoras, mas elas chegam nas escolas sem saber o que fazer, sem conhecer a Matriz Curricular das escolas do seu próprio Município! Não sabem fazer um plano de aula abordando os temas ali tratados. Não têm domínio com as crianças, pois não conhecem a fundo como uma criança aprende... não foram preparadas para isso! Então se desesperam, ficam doentes e não sabem mais o que fazer.

Correm para o seu superior, que também não tem estrutura e fundamentos para ensiná-las, e que correm para a SME, que também não consegue o suporte necessário. O caos se instala.

E o que dizer dos alunos que são encaminhados para acompanhamento médico ou os alunos especiais? Vem mais problemas pela frente!

Chegamos à Saúde! Que saúde? Deveria se chamar doença! Temos poucos médicos... psicólogos, fonoaudiólogos, oftalmologista, neurologistas, psicopedagogos, fora as outras especialidades...
A consulta não é feita (os pais desistem) ou aguardam dois... três meses para serem atendidos. Consultam, chega a hora do exame... ferrou! O Município não oferece o exame necessário, começa aí uma outra via crucis! Poucos conseguem manter o tratamento das crianças. Imagine então o que passa a população!

Com muito sacrifício, alguns problemas são resolvidos, pois encontram pessoas certas nas horas certas, mas e a grande maioria?

Depois chegamos a Cultura e ao Turismo. Onde? Não temos! Que perspectiva cultural nossas crianças e jovens possuem? O Município não se resume só ao primeiro distrito, que realiza alguns eventos culturais (exposição, cinema, caminhada ecológica e cultural). A cultura precisa acontecer, de forma organizada, em todos os distritos, até mesmo porque o preço das passagens da única viação que temos é abusivo e muitos não podem pagar sempre! Nossa cidade é rica em cultura. Porque não ensinar nossos jovens essa história e fazer deles multiplicadores ou guias mirins? Vem aí grandes eventos para o Brasil, Mangaratiba poderia aproveitar essa oportunidade e sua gente. Não é resumir só em hospedar uma delegação em um Hotel e que não vai conhecer a cidade! EDUCAÇÃO E AÇÃO SOCIAL,vamos colocar professores de Línguas ensinando nossos jovens nos CAICAS para termos jovens intérpretes para a chuva de línguas e oportunidades que virão. MEIO AMBIENTE promover cursos aos nossos caiçaras de preservação e conhecimento das espécies presentes no Município para que as pessoas se encantem e cuidem do nosso lugar. TURISMO E EVENTOS ensinem nossos jovens a divulgar as belezas da nossa cidade e consequentemente garantir uma renda. Não sei o que estão esperando para começar a crescer.


E quando ocorrem as "FESTAS"? Resultado... roubos de carros, motos, invasão em domicílios, assaltos, brigas... dinheiro público gasto em uma felicidade momentânea e que depois vamos precisar para as prioridades diárias.

Vamos fazer FESTA sim, mas para todos e com alguma utilidade, não com futilidade!
Cada distrito poderia ter sua festa cultural, festa com organização e que traga dinheiro aos comerciantes. Não aquele monte de barracas de bebidas, de pessoas que às vezes nem são da cidade e que vem aqui explorar. Cada distrito poderia ter o seu tema (gastronomia, literatura, música, dança, tradicional, religiosa, etc), desenvolver isso de forma integrada (ensino, guias, divulgação, comunidade, segurança, comerciantes, etc), só aí teríamos 6 festas no Município. Quem já viu algo sobre o distrito de Praia Grande? Parece que não faz parte de Mangaratiba.

Chega, não é? Essa foi a minha forma de ver os problemas.

Temos que buscar um governo mais participativo, ajudá-los (prefeito, vereadores) a enxergar as prioridades, chega de dizer que não é meu partido ou candidato, vou meter o malho. Não! A cidade é nossa! Temos é que levá-los a entender o que é preciso e que ouçam a população.

KKKKKKKKKKKK, escrevi tanto que a página nem aceitou a postagem inteira, tive que dividir.

NINA"

sábado, 25 de maio de 2013

Mangaratiba e o sol - DNIT e a violência local.

E o sol voltou....para melhorar, falta o Vieira sacudir tudo por aqui. Devastar para rearrumar...

Ontem, Sexta-feira, meus olhos de "ver" receberam as primeiras sensações para acordar meu ânimo.

O DNIT perturbando as cocadeiras da Rio Santos em outra operação para retirada de mais algumas barracas e não contente em afrontar com muita humilhação, deixa o aviso de que irão derrubar as barracas quantas forem as vezes que elas sejam montadas. Ainda ironizou o poder público local, dizendo que assistência social cabe ao município e que em breve também irão retirar as casas da beira da estrada e que não adianta enviar projeto de padronização para as barracas, pois na estrada "dele", quem manda é .....ELE.  Tivemos a presença da BAND no local e por acaso, porém um belo acaso, o Dr. Ruy passou no local e conseguiu tomar ciência do fato... agora, não podem dizer que não sabem do acontecido. 

Hoje, as cocadeiras se reunirão no Km 32, ás 15:00 hs, para se organizarem para suas reivindicações e mobilização. Resta saber se alguém comprará esta briga, tanto o poder público, como a sociedade.


E aí.... comecei a esquentar... e hoje, com este sol bonito, meus ouvidos de "ouvir" e os olhos de "ver", já estavam mais aguçados e fui dar uma chegada no calçadão.... CARAMBA!!!!! Vi uma discussão que logo se transformou em ameaça de morte, com um dos briguentos se retirando e voltando de carro com uma arma para ameaçar o dono de um quiosque que talvez não tenha sido morto porque sua esposa ficou na frente do marido... chamam o DPO e nada.... ligam novamente e nada... 

Deu tempo de surgirem três armas... pois para pararem o agressor que foi cobrar dívida que não era do dono do quiosque, mas do filho dele, foi necessário que um dos moradores que é policial aposentado, pegasse armas em casa e junto com seu filho, protegesse o quiosqueiro e desarmasse o "novinho" que gritava se sabiam de quem ele era filho.

Infelizmente, ainda vivemos estas coisas por aqui. E o DPO, nada!!!! Chegou o pai do "novinho" e conversa para lá, conversa para cá, devolvem a arma para o pai dele. E o DPO, nada! A esposa do quiosqueiro passando mal e chorando, e nós que por ali estávamos, ficamos revoltados, pois o caso era para ser de parar em Delegacia, mas o DPO...nada!!!!

E se fosse um filho de ninguém.... se é que existe filho de alguém ou de ninguém, ficaria assim? Ou teríamos outro final? 

Eu vi o constrangimento do pai... e vi a arrogância do idiota do filho e vi o medo nos quiosqueiros, mas senti também o quanto estamos abandonados de TUDO.

Vamos viver da solidariedade dos vizinhos? Vamos nos armar também? Ou vamos acordar e perceber que do jeito que está, não dá mais e começar a ter consciência social e partir para pressão em quem deve garantir nossa segurança, direitos básicos e nossa cidadania?

E vejam...não foi bandido da Cachoeira quem ameaçou o quiosqueiro... e vejam que quem está sendo ameaçado de ficar sem sustento e sem moradia, são pessoas que sempre viveram e trabalharam em Mangaratiba.... 

Parece um pesadelo... e o DPO? NADA!!!

quinta-feira, 23 de maio de 2013

Sei lá... Só Mangaratiba.

Senti vontade de escrever sobre Mangaratiba, mas por outros "olhares", ou melhor, por outra abordagem...

Quando acordo, por volta das 5:30 hs, a primeira coisa que faço é vistoriar as camas daqui de casa. Hábito estranho, mas não consigo deixar de fazer isso. Olho todos que estão dormindo e me dirijo para a janela.... ai..como é bonito!

É meu melhor momento diário em Mangaratiba! Eu sei que é a hora em que recarrego as forças para continuar amando este lugar. Mas, amando mesmo, com a vontade de escutar as pessoas, de agir como guardiã deste lugar. E assim, amando a natureza, não posso deixar de amar as pessoas que aqui habitam... e elas, são como filhos desajustados, aqueles que amamos e que tantas dores nos causam.

Fico empurrando, falando, tentando aprender como vou conseguir fazê-los entender que este caminho que percorrem, só nos faz menores como cidadãos deste lugar porreta demais. Em compensação, encontro  gente brilhante, brilhante mesmo, com luz que clareia nossa jornada. Pessoas de palavras simples, que transmitem tanto impacto no nosso cotidiano. E eu as encontro nas vans, nos ônibus, reclamando, sorrindo, tirando onda de marrenta, mas brilhando tanto que fico até sem ação.

E são essas pessoas, que me ajudam tanto a viver por aqui... os poucos e bons amigos que aqui fiz, os desconhecidos com quem troco algumas palavras e as crianças desta terrinha... por elas é que temos que continuar a proteger Mangaratiba. Proteger de nossas ações levianas, superficiais, imediatistas que só visam o hoje e o amanhã de alguns, em detrimento do agora e do sempre de muitos.

...

Bom, comecei esta postagem ontem, com um ânimo bem diferente do de hoje... ontem muito tranquila e animada.... já hoje, muito esquisita... um tanto triste e sem esperança de que dias melhores virão para Mangaratiba...

Constatei que o brilho que encontro em algumas pessoas, são ofuscados pela massa sem luz que absorve e dispersa qualquer possibilidade de clarear a estrada de todos nós.

 Mas, quem sabe amanhã, encontro pessoas por aí que me farão mais encantada novamente?

Talvez seja o frio que não combina com o mar, ou a falta do Vieira que sacode tudo, que estejam melindrando  minha relação com a terrinha... ou ...????

Peço aos céus que me mandem calor!!!




quarta-feira, 8 de maio de 2013

Gosto de gente

Gosto de gente!

Gente com jeito moleque e atitudes de anjo...
Gosto de gente... simples na vida e complexa em espírito.
Ah! Gosto mesmo é de gente com ideias grandes  e capaz de ter pequenos gestos grandiosos...
Gosto mesmo é de gente sonhadora e radiantemente pé no chão....

Que se parece com bobo ... que faz rir e que ri, mas ri muito dos que realmente são bobos!

Gosto de gente atrapalhada... completamente ordenada, ajeitada em seu caminhar...

Que chora por injustiças e de  tão grande, já não cabe em si mesma...

E que justamente por isso.... não foge a luta e dá nó em pingo d´água para chegar bem perto... de sua grandeza!

É... eu gosto mesmo de gente.

sábado, 4 de maio de 2013

Cachoeira II - Insegurança pública

E a Cachoeira II? 

Ontem foi noite de " entrada" da polícia na Cachoeira II, com chefe de tráfico morto, com seis presos, entre eles uma jovem que não tenho a certeza de que se trata de pessoa de maior idade, alguns celulares apreendidos, um revólver e uma pequena viagem até a divisa de Paraty.... êpa! Esta parte não entendi, como não entendi a do revolver....mas, quem sou eu para tentar entender esta operação!

Bom o fato é que isto não acabará com a loucura que Mangaratiba está vivendo em relação a segurança pública, já que TODOS sabem que o terror que está sendo imposto ao município, com assaltos,  sequestros, veículos roubados e o próprio tráfico, não terminarão com a morte do chefe da boca... Este traficante, só deu a guarida para o grupo do Rio se fixar por aqui.

Não podemos esquecer da "guerrinha" entre os adeptos da turma de Itaguaí contra os adeptos da turma da Cachoeira que são lá de uma comunidade que recebeu a UPP no dia 25 de Fevereiro... aqueles que foram devidamente realocados pela política de segurança pública da capital.

Não podemos esquecer que Itacuruçá está vivendo o mesmo problema. Não podemos esquecer que o Parque Bela Vista também está "dominado". Não podemos esquecer a nossa bela Conceição de Jacareí, que está no intercâmbio com estes distritos....

Então, não se animem! Orai e vigiai!!!

Junto com a polícia, o poder público local deve entrar em Mangaratiba... com muita dedicação e atenção, promovendo o bem estar das comunidades mais carentes de serviços públicos. Junto com a polícia, o respeito e a confiança devem entrar nestas comunidades, já que ser esculachado por bandidos é o horror, mas ser esculachado por quem deveria transmitir confiança e segurança aos moradores é o fim de qualquer expectativa de que o problema será de fato sanado.


Vamos continuar a mobilização por segurança de qualidade, sem meias verdades, ou com factóides de troca troca de efetivos,  fechamentos de DPOs, ou a omissão de alguns setores da segurança pública!!!

Se liguem no alerta!

Mas, vamos lá...já é um começo de ação... não podemos deixar que a emenda seja pior que o soneto!

quarta-feira, 1 de maio de 2013

1º de Maio - Dia do Trabalhador

Trabalhador em Mangaratiba, só é lembrado como fonte de mais um motivo para shows de qualidade duvidosa, aglomerações e .... muita despesa!

Sabe, penso que comemorar alguma data, tem que ter algum motivo... homenagear a quem se respeita, comemorar as vitórias conquistadas, comemorar o início de um novo tempo, enfim, tem que existir a motivação.

Em Mangaratiba, isso devia ser proibido!!! 
Vejam, em 2011 até comentei que achei legal. Era o início de uma nova gestão, então, a motivação poderia ser a de novos tempos para o trabalhador... e aí, nada aconteceu!

Veio 2012 e já acostumados com a pregada, ficamos sem comentar...

Mas, em 2013, penso que deveria ser de Bandeiras a meio palmo em sinal de luto pela morte da economia local, pela morte dos direitos trabalhistas, tanto na administração direta como na indireta e nos sub empregos locais em nosso pequeno comércio.

Deveríamos ir para as ruas em marcha fúnebre, com carpideiras a lamentar a agonia de uma economia que não decola por pura falta de visão e conhecimento de que uma gestão tem entre suas funções fomentar e impulsionar a economia local.

Hoje, ao invés de se submeterem a alienante noite de "festa" com shows repetitivos, regados a birita e aglomerações, que só serão úteis para propaganda, deveriam pensar nos bolsos vazios dos salários pequenos que não duram uma semana e que neste mês será menor ainda, pois irão pagar passagens mais caras durante o evento, pois o transporte por aqui é regulado pela oportunidade de se dar um "jeitinho" de faturar em cima da necessidade da população.

Hoje, nossos direitos trabalhistas, estão sacudindo a roseira na Praia do Saco e rindo da cara dos "acostumados" trabalhadores que não sabem o quanto mereciam respeito!


OBS: Por favor, as bandeiras estão a meio pau!!!!!!! Fui corrigida e atendo o atencioso amigo!

Saúde Mangaratiba ....

Fiquei de fazer a postagem para comentarmos como anda nossa "Saúde", mas outros temas e "destemas" fizeram com que adiasse este assunto.

Bom, como quero iniciar Maio  com uma conversa com o trabalhador de Mangaratiba e possivelmente escrever sobre a educação ao longo deste mês.... vamos nós a saúde, com a palavra do vice, Dr. Ruy sobre o tema.

Creio que a postagem é interessante, pois dá para "documentar" o compromisso assumido e não cair no esquecimento...como todo compromisso que assumem ao longo dos governos...

Eis o resumo do assunto:

1) Remédios

.Temos 05 unidades de Saúde Básica funcionando em regime de plantão 24 hs, 01 unidade de saúde básica em regime ambulatorial e 12 unidades da ESF que cobre 100% da população.

.Nas unidades de saúde existem farmácias que dispensam medicação para a população, porém são distribuídos somente medicações constantes da lista de medicamentos de Farmácia Básica.- Medicações que não constem desta lista, não serão encontrados para dispensa.

.Hipertensão arterial - as medicações são liberadas somente nas 12 unidades da ESF. Pacientes que não possuem o Cartão do SUS de Mangaratiba não podem ser atendidos em nossas farmácias básicas, mesmo que no atendimento médico feito em nossas unidades tenham sido prescritos tais medicações.

Obs: Tomar a decisão de dispensar somente medicação para os cadastrados no Cartão do SUS de Mangaratiba, pelo fato de já termos 42.000 cadastros, com uma população de 36.000 habitantes e  nem todos possuem cadastro, fez com que evidenciassem a diminuição no volume de medicação dispensada nas farmácias básicas, que somadas ao aumento no volume de medicação comprada, acarretassem em estoque regulares nos últimos meses em nossas farmácias.
Porém ainda sobre a questão da medicação para hipertensão, só são dispensados em farmácias básicas da ESF para os pacientes cadastrados também no programa de Hipertensão e Diabetes e que regularmente sejam acompanhados pelos médicos da ESF.... sem isso, não terão a medicação a sua disposição.

.A meta neste primeiro ano é dobrar o gasto com este tipo de medicação e disponibilizar um volume maior e mais variado de antihipertensivos. Estão desenvolvendo um projeto piloto em Praia Grande para entrega de medicação anti-hipertensiva em casa e querem chegar ao final do governo com todo o município coberto por este serviço.

2) Unidades de Saúde:

.Licitação da obra de reforma e ampliação do posto de saúde (UBS de Muriqui) está em andamento. 
.Plantas das obras de reforma e ampliação das UBS Itacuruçá e Conceição de Jacareí já aprovadas pelo prefeito e se encaminham para licitação.
. As três Unidades deverão ter serviço de Raio X, laboratório e farmácia 24 horas, ainda este ano.

. HMVSB...já foi concluída a obra no expurgo do centro cirúrgico que foi solicitada pela Vigilância Sanitária. Concluíram o projeto de transferência do laboratório para a área antes ocupada pela fisioterapia e logo iniciarão esta obra.
  O ambulatório de fisioterapia foi transferido provisoriamente para um imóvel ao lado da CEDAE. Como solução definitiva, foi alugado um imóvel que antes era o Cartório Almeida Rêgo, onde será instalada a Clínica de Fisioterapia do Centro de Mangaratiba. Clínica esta que será referência nas especialidades fisioterapêuticas.
.Para desafogar o atendimento no hospital, estão transferindo o ambulatório de algumas especialidades médicas para a UBS do Ranchito e para o CRASP. 
.O atendimento ambulatorial odontológico, prestado pelo CEO, será transferido para imóvel alugado no Centro de Mangaratiba, com atendimento nas especialidades odontológicas e serviço de prótese dentária.
.Foi identificada a necessidade de reforma na emergência do HMVSB e já estão trabalhando no projeto e na separação da emergência de adultos e crianças. Será criado o Pronto Atendimento Infantil (emergência pediátrica)
.Estão licitando uma empresa para fornecer o curso de reciclagem e formação de recepcionistas. Em breve o pontapé inicial para o Projeto de Humanização em Saúde estará em andamento.
. Foi ampliado o convênio com a SAMU e, e em breve, terão mais uma ambulância a disposição da população, totalizando 4 unidades baseadas na Praia do Saco.
.Os veículos da Secretaria de Saúde e sua manutenção eram de responsabilidade do Departamento de Transporte da prefeitura. Muitos encontravam-se parados aguardando manutenção e ouros não dispunham de motoristas. Então foi criado o setor de transporte da Saúde e contrataram motoristas, no intuito de aumentar o número de veículos rodando e servindo a Saúde. Até o final do semestre assumirão a responsabilidade de manutenção de 100% dos carros da Saúde.
.O prédio da secretaria de saúde é alugado e encontra-se em condições precárias, necessitando de volume grande de obras, assim, iniciaram um projeto para construir uma nova sede para esta secretaria na Praia do Saco. Sem previsão concreta de concretização desta transferência.
.Em parceria com a Ação Social foi disponibilizado para idosos de Conceição de Jacareí, Itacuruçá e Praia do Saco o atendimento em fisioterapia e ortopedia. Antes só era realizado no núcleo da terceira idade de Muriqui.
.Em parceria com a Secretaria de Educação, estão contratando um médico neurologista para iniciar trabalhos no CER da Praia do Saco.

Bom, o Vice, Dr. Ruy, lembra ainda que existem problemas pontuais e que estão apenas com 3 meses de governo e que estão trabalhando duro para melhorar a qualidade de vida e de saúde da população.

Eu, lembro que ELE está com 3 meses de governo... o governo já está no 3º ano de gestão!!!!!!!