segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Marcelo Freixo - Um deputado que é exemplo!


Fonte: Jornal do Brasil - Carlos Caroni

A assessoria de imprensa do deputado estadual Marcelo Freixo (PSOL) confirmou a informação de que, a convite da Anistia Internacional, o parlamentar e pré-candidato à prefeitura do Rio de Janeiro nas próximas eleições deixará o país ainda nesta terça-feira.

Responsável pelo indiciamento de cerca de 220 pessoas ligadas a grupo paramilitares no período em que presidiu a CPI das Milícias na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), Freixo recebeu sete ameaças de morte em apenas um mês. A última delas na sexta-feira. Por motivos de segurança, o destino da viagem é mantido sob sigilo. Sabe-se apenas que é na Europa.

Em sua página na rede de microblogs Twitter, ele afirmou que o retiro é por tempo limitado e que a decisão não foi tomada por medo, mas sim devido a uma necessidade de que sejam feitos ajustes em seu esquema de segurança. Freixo fez ainda duras críticas ao poder público, que classificou como "inoperante e reativo, e lembrou o caso da juíza Patrícia Acioli, executada com 21 tiros no dia 11 de agosto, em Piratininga, Niterói.

"Sobre as ameaças, nunca recebi retorno das providências tomadas. Esse não é um problema meu, não é particular. Patrícia Acioli recebeu várias ameaças e nada foi feito. O poder público é reativo e inoperante. Eles não venceram e nem vão vencer, estarei de volta em breve", disparou.

Para ler a notícia completa (clique aqui)

E qual é a nossa responsabilidade neste caso?

Temos o dever de fazer a nossa parte! Não deixe a milícia se perpetuar no poder paralelo e institucional! Não dê seu voto a qualquer suspeito de fazer parte de milícias! Diga não a segurança paralela, aos serviços irregulares que atraem a população por suas facilidades....o preço é ALTO DEMAIS!

Para lembrar: Marcelo Freixo foi presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito que investigou as ações das milícias no Estado do Rio de Janeiro. É neste relatório que aparece o nome da fornecedora de merenda escolar que hoje atua em nosso município. A Home Bread /São Judas Tadeu que já foi tema por duas vezes de postagem neste blog.


E por onde anda nosso conselho de merenda escolar? Por onde andam nossos "divinos" edis de situação? Será que ser situação significa ser ingnificante e subserviente?

Então, voltamos ao texto em negrito..... Diga não ao voto sujo!

25 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Um grande deputado com uma enorme mancha em seu currículo.
    Ele, um professor, se juntou com Wagner Montes para fazer uma lei que considera cultura aquela imundície pornofônica e obscena que é o funk.
    A conquista dos espaços na mídia, com as ameaças de morte, veio em boa hora, justamente quando ele se lança candidato à prefeitura carioca.
    A assessoria de imprensa, que deve estar sendo comandada pela jornalista Renata Stuart, trabalhou muito bem.

    ResponderExcluir
  3. O primeiro comentário foi retirado devido a um erro gramatical.
    Você disse muito bem: "Diga não aos serviços irregulares que atraem a população por suas facilidades....o preço é ALTO DEMAIS!"
    Eu quero ver a moçada cancelar a Gatonet.

    ResponderExcluir
  4. Você sabe que eu quase fiz gatonet? E sabe que eu comprava CDs piratas? Não me orgulho disto, mas me orgulho de sempre tentar ser um pouco melhor em meus conceitos.

    Não posso pedir e falar de uma coisa e agir de forma diferente. Assim como não posso reclamar da falta de vergonha de usuários de drogas que enchem os bolsos dos traficantes e esvaziam a saúde e a mente dos viciados, também não posso reclamar de milicianos e usar os serviços deles.

    Se achamos os serviços caros demais, devemos tentar modificar de alguma forma os preços, mas alimentar esta cadeia....isto não!

    Quanto ao funk, até penso que a visão dele é mais liberal e mais culta que a minha, por isto não vou escrever de assunto que não tenho grandes afinidades. Mas, em relação as ameaças de morte, aí já é ser tão cético quanto eu fui em relação ao novo comando do DPO de Muriqui...sempre vendo algo inescrupuloso no ar.

    ResponderExcluir
  5. Caro amigo LACERDA com todo respeito o funk é um estilo de música com seus valores culturais o problema é a promiscuidade de letras, a apologia ao crime e a banalização da drogas lançadas na mídia e admiradas pela nossa juventude que vive sem rumo nessa terra de meu deus. O que mais me impreciona é que no brasil se permite a instalação e depois tenta-se combater as milicias, as drogas, as máquinas, as vans, as gatonetes, a exploração de gás nas comunidades castradas pelo crime, e o mais grave é que o chefe é o paralelo entre policia X bandido, duas faces com cara de uma.

    ResponderExcluir
  6. Matéria do "Globo de hoje" dinheiro público ajuda nos jogos desportivos de juizes trabalhistas em Reseort de PE. "Farra do boi e exemplos de descaminhos.

    ResponderExcluir
  7. Acho que eu tinha razão. Deu hoje no Extra:
    “Marcelo Freixo disse que não tem o que reclamar do esquema de segurança que a Secretaria de Segurança disponibiliza para ele desde 2008.
    Não estou indo para a Europa por causa de problemas com a minha segurança.
    Freixo reafirmou os termos do ofício enviado a Beltrame no ano passado, elogiando o trabalho dos policiais que lhe dão proteção.”

    ResponderExcluir
  8. E então? Como eu disse, era tudo caô da assessoria de imprensa paga conquistar espaço na mídia.

    ResponderExcluir
  9. Quem responde esta, não sou eu:
    Talvez eu fosse radical e não conseguisse passar a mensagem...

    "Há quem veja em toda essa história de "exílio" uma forma de Freixo se cacifar para a eleição do ano que vem como o principal opositor a Eduardo Paes na disputa à prefeitura do Rio. Pode ser. Afinal, político não gosta de espaço vazio. E Freixo é político.

    Mas existe também na atitude de Freixo uma forma de aumentar o preço de sua morte, torná-lo um defunto muito caro. Só que as milícias são ricas. E Freixo sabe disso. Tanto que em uma entrevista ao JB disse que uma das milícias investigadas faturava R$ 170 mil por dia, apenas com a exploração das cooperativas de vans."

    "A ameaça à vida do Deputado Marcelo Freixo é real. Milicianos e banda podre das polícias não costumam perdoar. Como provou recentemente o covarde assassinato da juíza Patrícia Accioly.

    Portanto, faz bem o Deputado em por a boca no trombone, bater tambor no Brasil e no exterior, pra ver se o estado se move e ataca as milícias e a banda podre.

    Como aponta a nota da Anistia Internacional e da Front Line Defenders, só uma ação conjunta de município, estado e governo federal pode fazer frente ao poder das milícias. Estado e município estão devagar, quase parados.

    Talvez o fato político gerado pelo "exílio" de Marcelo Freixo deflagre a ação que junte as três instâncias para combater efetivamente as milícias, que já se espalham pelo Brasil. Antes que seja tarde."

    O Blog do Mello te responde com mais presteza do que eu faria.

    ResponderExcluir
  10. Quem responde ao Mello que, no início, concorda comigo é o próprio Freixo:
    “Marcelo Freixo disse que não tem o que reclamar do esquema de segurança que a Secretaria de Segurança disponibiliza para ele desde 2008.
    Não estou indo para a Europa por causa de problemas com a minha segurança.
    Freixo reafirmou os termos do ofício enviado a Beltrame no ano passado, elogiando o trabalho dos policiais que lhe dão proteção.”

    ResponderExcluir
  11. E opróprio Mello disse em seu blog ontem:
    "Pela nota fica claro que a notícia de que o Deputado teria aceitado abrigo da Anistia Internacional para um exílio no exterior é, como diria Mark Twain, "um tanto exagerada"."
    O Mello, portanto, tem a mesma opinião que eu no que se refere ao bom trabalho da assessoria de imprensa do Freixo.
    Quanto ao resto da opinião do Mello, eu não discuto o óbvio.

    ResponderExcluir
  12. Beijos, meu amor! Você venceu...é isto?

    O homem turrão!

    ResponderExcluir
  13. Querida, obrigado pelos beijos.
    Já fiz assessoria de imprensa e sei bem o que é isso.
    O pobre jornalista, sofrendo com a maldição de Sísifo, precisa encher páginas e mais páginas em branco todos dias.
    Assim, qualquer "release" bem elaborado é sempre bem aceito. E se pode vender jornal, então, vai ocupar grandes espaços.
    A esposa do Freixo é uma jornalista e sabe trabalhar com seus iguais.
    Gostaria houvesse empate para continuarmos a polêmica.

    ResponderExcluir
  14. Eu estou muito cansada..... e eu te amo demais da conta!

    E agora, preciso mesmo é ter em mãos uma publicação que fala desta pobre blogueira..... para trocar umas ideias com o pessoal da Fundação Mário Peixoto que dedicou um espaço em seu jornal para retrucar esta mulher que não gostou da medalha singela oferecida aos professores....

    Sou tema do editorial e preciso ler, sorrir, reler, brincar, degustar e retrucar...

    Quando tiver em mãos, mando para você.

    Mangaratiba me surpreende, faz-me rir e me faz pasma!

    ResponderExcluir
  15. Amiga Leila, sei que a sua imparcialidade faz parte da sua política da boa vizinhança para que qq pessoa poste em seu blog.
    Mas dizer que as ameaças sofridas pelo Freixo é pra se promover tá forçando muito. Por isso Lacerda discordo do seu discurso e te acho bem covarde por simplesmente colocar suas baboseiras pessoais em um tema de extrema preocupação para os brasileiros.
    Será que vc tb faz parte do esquema? É o que parece.
    Pelo relatório da CPI das milícias tem muita gente em Mangaratiba e arredores envolvida nesta máfia, e vem vc dizer que é sensacionalismo do Freixo. Dá um tempo meu caro.
    Se acha que é brincadeirinha, se coloca no lugar dele. Aí veremos a sua arrogância ir pela privada, e dê graças a Deus se for só a arrogância!

    Leila me desculpe pelo desabafo, mas realmente me enoja ver postagens como a do Lacerda.

    Parabenizo a coragem do Freixo e do PSOL em enfrentar o esquema podre que esse "capitalismo" nos deixa como efeito colateral!

    E digo mais, se ele vier candidato a qq cargo ele tem meu voto.

    ResponderExcluir
  16. O lacerda está exagerando ao tratar um assunto suma importância com extremo desprezo, até porque estamos colhendo os desmandos políticos e as permissividades das mais vergonhosas,seja na esfera federal, estadual ou municipal e sofremos aqui nesta terra que virou deus me acuda, tamanha as promiscuidades, os jeitinhos, as artimanhas e as toleranças, que servem para o cresimento do mau e a instalação do crime organizado por eles mesmos em busca do poder. Lacerda voce deve ser A ou Cha ou até mesmo ca, senão ed, ou zé, sei lá, por isto entendo o seu tramento simplório, diante do fato. Porque não desabafa da tomada do trevo de muriqui que cresce mata à fora!!

    ResponderExcluir
  17. Caro amigo é que o lacerda é Aarão ! kkkk

    ResponderExcluir
  18. Leila, quero ler o editorial. Não deixe de me mandar.

    ResponderExcluir
  19. Anônimos, eu é que sou covarde? Olha a minha cara aí ao lado.
    Não estou sozinho. Leia o que diz a Cidinha Campos, uma mulher que tem a coragem e a dignidade que faltam aos anônimos:
    "A deputada Cidinha Campos (PDT), que foi vice-presidente da CPI das Milícias, presidida por Freixo, afirmou que o moço não realizou o trabalho de investigação sozinho.
    Ela afirmou que o deputado se aproveita eleitoralmente das ameaças de morte. "Uma coisa é precisar de alguém que te proteja outra coisa é fazer um filme de terror sobre isso, como se fosse o volume três de Tropa de Elite"."

    ResponderExcluir
  20. O político de qualidade tem que ter dignidade é ter moral ter vergonha na cara, respeitar o seu povo. Infelizmente eles ainda não chegaram a maturidade social. A situação é vergonhosa e vem o Sr. Lacerda defender as falcatruas as fraudes as manobras exibidas em noticiários continuamente deixando pouco ou quase nada para os homens de bem, que o Sr. Lacerda apure mais o seu senso crítico, e que a liberdade e justiça seja o princípio de tudo.
    Precisamos respirar para sobreviver!!!

    ResponderExcluir
  21. O anônimo falou, falou e não disse nada.
    Leilinha, que falcatruas e fraudes que eu defendi?
    Preciso respirar e entender para viver.

    ResponderExcluir
  22. Rsrsrsrs,

    Lacerda, você realmente não defendeu falcatruas nenhuma. É o calor da discussão que faz com que nos estranhemos...assim, como não fui compreendida lá no seu blog quanto ao novo comando do DPO. Lá você partia da nota dez e aqui você partiu do cinco...para o deputado Marcelo Freixo.

    Talvez tenha sido isto.

    beijos!

    ResponderExcluir
  23. Ué! O último anônimo é você?

    ResponderExcluir
  24. Claro que não! Você me perguntou se tinha defendido alguma falcatrua e respondi.

    ????

    Quando coloco na 1a pessoa do plural, é para colocar como todo podemos não entender uns aos outros.

    Tá doido???!!!

    ResponderExcluir

Comente com responsabilidade e participe com sinceridade!