sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

Fakes, pseudônimos, alcunhas, apelidos

Caramba, acho que as pessoas estão vivendo tão fechadas na internet que já nem percebem as abobrinhas que dizem ou que conceituam. Escrevem coisas para ofender e nem percebem as diferenças entre os significados.


Vejam, fakes, seriam pessoas que assumem a identidade de outro (são falsos). No início, o mundo fake seria alguém pegar um perfil e assumir esta identidade, alguém que de fato existe e que teve sua imagem, seu nome ou mesmo sua página pessoal falsificada. Depois esta denominação ficou mais ampla e as pessoas que queriam anonimato, aderiam ao mundo "fake" e criaram seus perfis que em nada poderiam ser ditos falsificados ou que praticavam falsidade ideológica.

Estão mais para pseudônimos, forma muito usual, tanto na literatura, como nas artes em geral.
Temos muitos exemplos desta prática, que não diminuíram o autor por esta opção.

E não podemos deixar de perceber a diferença entre pseudônimos e heterônimos, alguns se valeram de pseudônimos e outros, devido as diversas características literárias e até mesmo de personalidade, criaram os heterônimos.

Chico Buarque e seu pseudônimo... Julinho da Adelaide
Fernando Pessoa e seus heterônimos.....Alberto Caieiro, Ricardo Reis, Álvaro de Campos e outros
Clarice Lispector e seu pseudônimo....Helen Palmer
Temos cartunistas, jornalistas, cantores e artistas que se valem de pseudônimos para sua vida profissional.

E alguns com vida pública, preferem as alcunhas! Alcunhas mesmo! Acrescentam ao nome apelidos que são pejorativos para marcarem sua trajetória.... encontramos isto na bandidagem ou na política... "quase" a mesma coisa.

Do gás, Beira-Mar, Vila Vintém, etc... estes sim, deveríamos menosprezar acusando-os de algo não tolerável, pois demonstram toda pequenez de seus nomes.

E os apelidos? Estes acho legal e são bem aceitos! Acrescentam ao nome seus apelidos que muitas vezes são a forma familiar de contato. Lula, Xuxa, Pelé e Dunga, são alguns exemplos.

Depois disto, queria perguntar se tentariam ofender os que se valeram desta prática, acusando-os de fakes, por isto perderam toda credibilidade ou valor?

Acompanhem a evolução sim, pensem como internautas, mas acrescentem conceitos amplos em seu legado cultural.

11 comentários:

  1. Leila,

    Beira-Mar, Vila Vintém, Kabeça, do Posto...

    Vc está comparando dois candidatos a traficantes?

    Dessa vez você passou dos limites. Não é porque você é A MÃE DO RUY QUINTANILHA, que pode tratar outros candidatos de uma forma até irreconhecível para alguém culta como você. Defenda seu filho. Mas sem agredir, difamar os outros. Isso é crime!

    ResponderExcluir
  2. Jorge,

    Foram os nomes que me vieram de imediato quando fui demonstrar que os políticos usam do mesmo artifício para serem conhecidos.

    Comparei sim as alcunhas e não a mesma forma de atuação.

    Se achar que é crime comparar alcunhas, processe e também não retire seu comentário, para que possamos mostrar que eu comparo, e você afirma que sou alguém que nem conheço.

    ResponderExcluir
  3. Minha mãe??????????????????????

    ResponderExcluir
  4. Rsrsrsrs!

    Desculpe, mas hoje o povo está completamente desnorteado!

    Peça desculpas a ela por mim, mas são coisas que acontecem...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desnorteados? Você e sua habitual singeleza ao escrever quis dizer loucos, não Foi?
      Pobres políticos de Mangaratiba! Sem visão, sem proposta... Sem norte. É, Estão desnorteados.

      Excluir
  5. Que gente maluca e assustada.

    Amiga, já vi que sua capacidade incomoda e muito. Espere que será ainda muito atacada, afinal, dizem que quando não convencemos alguém a se deturpar, procuramos então menosprezar esta pessoa para que sua luz não ofusque a sombra triste do outro.
    Continue assim. Quem dera que metade da população agisse como você em todas as causas da população.Sem ganhar nem um tostão para isto, sempre somando e não dividindo.

    ResponderExcluir
  6. LEILA,

    A LOUCURA ESTÁ TÃO GRANDE QUE TODOS OS "FAKES" QUE APOIAM O DR.RUY É A LEILA, TODAS AS PESSOAS ESCLARECIDAS DA CIDADE SÃO APONTADAS COMO SENDO A LEILA ETC. VOCÊ É TÃO MARAVILHOSA QUE DEIXA O PESSOAL APAVORADO.

    ResponderExcluir
  7. Não é isto não! Acho que justamente o pessoal achava que eu era mais "influenciável", com falas mansas e delicadeza nas respostas.....só que viram que sou mais teimosa do que pensavam e aí, partiram para o ataque. rsrsrsrrs

    ResponderExcluir
  8. Pelo amor de Deus!!! Apelidos são comuns em cidades interioranas,como a nossa. Você tb é Leila Castro,que pode ser uma jornalista de são paulo ou uma mulher atropelada em sta cruz ou qualquer pessoa- vc citou antes.Seu apelido agora é esse,vc se traveste desta personalidade(talvez tenha outras,não posso afirmar).Então pq criticar os outros.Não compreendo...mas aceito sua opinião.O Dr Ruy é psicólogo em Angra!!!Isso não pode!!!Pq lá ele não teria o tratamento de dr,certo?O Evandro é capixaba ou minhoca da terra?O Marquinho é da ilha? Seria a de alcatraz ou dos aposentados?Aff.... realmente é um êta lelê,então Castro deixa acontecer naturalmente e deixa tudo avançar p quem quer realmente trabalhar, votar. Vc deveria mudar seu nome,mas ainda não está madura p isso,Leila Verde Castro,gostoou?

    ResponderExcluir
  9. Achei legal! E quem disse que me incomodo com os apelidos?

    Gente, os blogs são feitos para seu autor externar opiniões, momentos que vive, pornografia, maluquice ou qualquer coisa que queira.

    Mas, também podem servir para troca de ideias. Esta postagem foi só para que possamos perceber as diferenças entre fakes, apelidos, alcunhas, pseudônimos....

    E quanto a fake, volto a afirmar que se fôssemos pegar a tradução, seria realmente falso, falsificado e tudo que já postaram, mas o português é línguagem viva, é um idioma em movimento e palavras são acrescentadas e seus sentidos são alterados. E assim, vamos dando sentido as mudanças que nos fazem mais ricos.

    O fake hoje, perdeu a tradução de quem conhece algo e não a adapta as mudanças.

    Quando foi que critiquei alguém? Na alcunha? Ou não são alcunhas? São apelidos? E pensando em apelidos, isto não é uma característica de cidade do interior, é característica de qualquer lugar? Ou "Bob" Kennedy era daqui?

    ResponderExcluir

Comente com responsabilidade e participe com sinceridade!